O que a garantia de um carro cobre?

O que a garantia de um carro cobre?

junho 23, 2022 0 Por RedeGoo

Garantia do fabricante vs. Plano de proteção do veículo

Quando você compra um veículo novo ou usado certificado, ele vem com uma garantia limitada do fabricante. Isso basicamente diz que a montadora garante que o carro está livre de defeitos e cumprirá a promessa de que nenhum dos componentes cobertos falhará dentro de um determinado período de tempo ou uso. Essa garantia “de pára-choques a pára-choques” cobre o material sob o capô e também pode se aplicar a coisas como assentos elétricos, eletrônicos e outros sinos e apitos. O fabricante também pode oferecer uma garantia do trem de força que cobre seu motor e transmissão. Quer saber mais sobre proteção veicular, acesse https://bhprotecaoveicular.com.br/

Essas garantias são chamadas de “limitadas” porque expiram após um certo período de tempo ou quilômetros percorridos. Normalmente, a garantia do fabricante cobre pelo menos 3 anos ou 30.000 milhas (o que ocorrer primeiro), embora a cobertura possa se estender consideravelmente mais para as garantias do trem de força. Essa expiração da garantia do fabricante é onde entra um plano de proteção do veículo.

Um plano de proteção do veículo (também conhecido como “contrato de serviço do veículo”) é uma cobertura adicional que você pode adquirir para maior tranquilidade e que cobre os serviços de reparo e manutenção após a expiração da garantia. Embora esse tipo de plano seja frequentemente chamado de “garantia estendida”, esse termo é na verdade um equívoco. As garantias são garantias do fabricante contra defeitos, enquanto os planos de proteção do veículo são oferecidos a um custo extra pela sua concessionária ou por terceiros e funcionam mais como apólices de seguro. Essas políticas ajudam a cobrir os custos de reparos do veículo, caso algo dê errado.

Um olhar mais atento aos planos de proteção veicular

É fácil ver por que um plano de proteção veicular costuma ser chamado de garantia estendida para automóveis: os serviços cobertos pela garantia inicial do fabricante geralmente são copiados pelo plano de proteção. A diferença prática é que um plano de proteção veicular continua a cobrir o seu veículo por muito tempo após a expiração da garantia.

Dependendo do plano de proteção do veículo, você também poderá ativá-lo juntamente com a garantia limitada do fabricante. Isso pode ser uma boa ideia se cobrir coisas que sua garantia não cobre. Muitos planos oferecem assistência na estrada se você ficar preso com uma avaria mecânica e reembolso por um carro alugado que você usa enquanto seu carro está na oficina. Aqui na BH Proteção Veicular, oferecemos uma variedade de serviços, desde trocas de óleo vitalícias, reparos de rodas e pneus até serviços de reparo de veículos que incluem serviço na estrada. Saiba como funciona nosso  processo de compra de carros sem estresse .

Custos e fatores do plano de proteção do veículo/garantia estendida

Para obter proteção de carro sob um plano de proteção de veículo, você geralmente paga uma taxa adiantada. Esse custo é determinado por vários fatores, incluindo a marca e o modelo do seu carro, se o carro é novo ou usado, a duração do contrato e o que o contrato cobrirá. Quando você precisar exercer seu contrato de serviço para reparos de veículos, pagará uma franquia, semelhante a uma apólice de seguro.

Seu plano de proteção pode ser adquirido diretamente de sua concessionária ou por meio de uma empresa terceirizada. Ter um plano de proteção do veículo por meio de sua concessionária pode garantir que eles usem peças originais do fabricante (OEM), embora você possa precisar obter um serviço licenciado de um de seus centros de serviço autorizados. Por outro lado, obter um contrato de serviço de veículo por meio de uma empresa que não é a concessionária nem o fabricante pode lhe dar mais flexibilidade sobre onde você pode fazer a manutenção do seu carro e pode oferecer preços mais baixos.

Quando você está pensando em obter um plano de proteção veicular, há algumas coisas que você deve perguntar e procurar nas letras miúdas:

  • O plano é transferível? Se você decidir vender seu carro e isso fizer com que o plano expire, você pode não ter recebido o valor do seu dinheiro. Se você conseguir transferir seu plano para seu carro novo, poderá obter algum benefício adicional.

  • Onde você pode levar seu carro para serviços de manutenção? Se você estiver restrito apenas à sua concessionária e sua rede, isso não pode ser um problema para você ou tornar as coisas frustrantes, dependendo da sua situação. Você pode ficar tranquilo se souber que tem uma ampla variedade de centros de serviço para escolher, onde quer que esteja.

  • É redundante? É possível que seu seguro automóvel cubra alguns dos mesmos aspectos que o plano de proteção que você está considerando. Se o seu seguro cobre aluguel de carros ou assistência na estrada, por exemplo, você pode não querer ir com esse plano específico.

  • Entenda a franquia. É uma franquia “por visita” ou “por reparo”? Isso pode afetar seu custo geral para ter algo reparado ou consertado. Para mais informações sobre proteção veicular, acesse https://bhprotecaoveicular.com.br/blog/

  • Pesquise o provedor. Se você estiver comprando ofertas de terceiros em vez de passar pela concessionária, verifique a reputação da empresa. Não assine um contrato com uma empresa em que você não confia ou acha que pode não estar por perto quando você precisar.

Fonte de Reprodução: Getty Imagem

Vale a pena um plano de proteção veicular? Isso depende de vários fatores. Alguns que valem a pena considerar são:

  • Quais peças e serviços a garantia do fabricante cobre;

  • Quanto tempo dura a garantia;

  • Quanto tempo você planeja possuir o carro;

  • Como você dirige; e

  • seu orçamento

Se você acha que pode vender seu carro em alguns anos, sua garantia básica pode ser tudo o que você precisa. Se você costuma fazer viagens curtas ou pouco frequentes e não espera realmente colocar o veículo à prova, pode não precisar de reparos no veículo com frequência suficiente para justificar a despesa de um plano de proteção. Mas um plano de proteção veicular pode ser para você se você prevê reparos dispendiosos no futuro ou gosta de ter a garantia de vantagens extras, como assistência na estrada e saber que há uma rede de segurança se algo der errado.

O que não é coberto em uma garantia de carro?

Em geral, esses itens não são cobertos pela garantia do carro:

  • Manutenção de rotina : Trocas de óleo de rotina, rotações de pneus, etc.
  • Itens de desgaste: freios, pastilhas de freio, embreagens, substituições de limpadores de para-brisa, lâmpadas de faróis, etc.
  • Danos no exterior ou no painel da carroceria: Amassados ​​e arranhões na pintura
  • Danos no interior: Furos nos assentos, plástico quebrado, etc.
  • Danos causados ​​por cuidados inadequados com o carro: omissão de manutenção regular, condução imprudente, etc.
  • Danos por acidente: Amassados ​​no exterior, vidros partidos, etc.
  • Danos causados ​​por fatores ambientais: seiva de árvores, sal, areia, granizo, vento, vandalismo, etc.
  • Alterações ou modificações: Instalação de peças fora de fábrica, adulteração do hodômetro, etc.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Seguro