Lipoaspiração para adolescentes

Lipoaspiração para adolescentes

junho 11, 2021 0 Por eduardo

Muitos adolescentes lutam com sua autoimagem e se sentem constrangidos por vários motivos sobre sua aparência. Uma das maiores lutas que os adolescentes enfrentam no que diz respeito à aparência física é o peso. Por causa dessa luta, muitos adolescentes e seus pais costumam procurar soluções cosméticas, como a lipoaspiração, para ajudá-los com suas frustrações com o peso. É importante reconhecer de antemão que a grande maioria dos cirurgiões plásticos recomendará que os pacientes de lipoaspiração tenham pelo menos 18 anos para realizar o procedimento; no entanto, existem casos especiais em que pessoas mais jovens são consideradas para a lipoaspiração e isso vai depender do cirurgião e das circunstâncias individuais do adolescente.

Deve ser uma opção?

Antes mesmo de considerar a lipoaspiração como uma opção possível para um adolescente, uma dieta adequada e um programa de exercícios devem ser feitos um esforço sólido antes de mais nada. Muitos cirurgiões plásticos também sugerem que os adolescentes que estão lutando com sua imagem corporal e peso consultem um conselheiro profissional treinado no tratamento de adolescentes com imagens corporais negativas.

A lipoaspiração pode ajudar a criar um corpo com mais contornos, mas um estilo de vida saudável é necessário para manter os resultados mesmo após a lipoaspiração. Para adolescentes com sobrepeso ou obesidade significativa, a cirurgia bariátrica pode ser uma opção melhor do que a lipoaspiração.

É importante que os adolescentes e seus pais percebam que os corpos dos adolescentes ainda estão se desenvolvendo e passando por muitas mudanças, incluindo mudanças no peso e na forma corporal. Muitas dessas mudanças são completamente naturais e saudáveis, então a lipoaspiração provavelmente deve ser adiada como uma opção até que o corpo esteja totalmente desenvolvido e crescendo.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Riscos da lipoaspiração em adolescentes

Outra coisa que os pais e adolescentes devem ter em mente são os riscos associados à lipoaspiração. Inchaço nas áreas de operação, tontura devido à perda de fluidos, hematomas, cicatrizes, ondulações na pele e infecções são todos possíveis riscos de efeitos colaterais que às vezes podem ocorrer como resultado da lipoaspiração. Dependendo de quão invasivo é o método de lipoaspiração, pode ser necessário até algumas semanas de tempo ocioso, o que pode ser difícil de administrar com a programação de um adolescente com a escola e as atividades.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Quando fazer a cirurgia?

Uma vez que o início da puberdade não tem uma data única para acontecer, mas pode ocorrer dentro de um período de alguns anos, fica difícil estabelecer uma idade específica ideal para cada procedimento cirúrgico. A decisão tem que ser baseada em avaliação da maturidade física e emocional de forma individual. As cirurgias de orelhas são as únicas que podem ser realizadas desde o início da adolescência, ou até antes dela, pois o crescimento do pavilhão auricular ocorre na primeira infância, até em média os cinco anos de idade.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Cirurgias faciais, como as de nariz, queixo, mandíbulas e maxilares devem aguardar o crescimento ósseo completo, sob risco de alteração dos resultados caso ainda ocorra modificação do rosto após o procedimento. Uma das características dessa fase da vida é o imediatismo. Para os jovens o importante é o aqui e o agora e a sensação é de que não se têm tempo a perder. Tudo o que querem são soluções mágicas e rápidas para os seus problemas. Suas motivações devem ser avaliadas cuidadosamente, assim como devem ser discutidos todos os prós e os contras.

Fonte: https://www.r7.com