Letreiro
Três Passos; Sentença aos assassinos do menino Bernardo
mais brasil comunicações > Turismo
Voltar Enviar noticias imprimir
[01/10/2009] Quinta da Boa Vista -Rio de Janeiro

Nas dependência da Quinta da Boa Vista estão o Jardim Zoológico e o Museu Nacional localizados no antigo paço de São Cristóvão,Rio de Janeiro.Este é o portão de entrada que dá acesso ao Parque e ao Palácio ,utilizado no século XIX pela Família Real que chegou ao Brasil em 1808.O Templo de Apolo de arquitetura coríntia-um lugar harmonioso em meio à area verde ,às margens do lago,sofre ação de pichadores sem que ninguém os detenha. É lamentável o que acontece com o patrimônio histórico e cultural no Rio de Janeiro.
Em minhas idas e vindas ao Rio de Janeiro onde já residi e trabalhei por alguns anos ,costumo me hospedar na casa das amigas. Na Tijuca-casa da jornalista Sirlene Chervezan ,companheira das noites culturais cariocas- vou até a sacada e fixo o olhar em um Palácio que destaca-se no meio de uma vegetação abundante.É o Museu Imperial, localizado na Quinta da Boa Vista no bairro de São Cristóvão,construído em 1600.Resolvi ir até lá e fiquei um pouco decepcionada.O local que recebe visitantes do mundo todo está pedindo socorro.O prédio está sendo restaurado e já faz algum tempo, mas constatei que ainda há muita coisa por fazer.Aquele majestoso Palácio que serviu de residência à família real e a imperadores do Brasil no período de 1822 a 1889 até o momento recebeu pintura apenas na fachada do edifício.As portas estão descascadas e as muradas,na entrada do jardim precisam ser refeitas com urgência.Olhando para cima,podemos ver a degradação dos beirais do telhado e há rachaduras nas paredes,onde crescem plantas no meio do concreto. São muitas as reclamações principalmente a falta de água em um ou dois banheiros existentes na área gigantesca do parque de 155mil quilômetros quadrados.Quanto aos sanitários do museu-posso falar do feminino- está em péssimas condições.Policiamento na região é escasso,sem falar nas portas e janelas das guaritas que já foram furtadas.Lâmpadas caídas e as existentes mal conservadas ,pichações ,lixo no chão é o que se vê por lá e tudo isso nos causa um desconforto na alma.Há lixeiras no local, mas as pessoas preferem jogar garrafas pet ,sacos plásticos e papéis no chão,sem se importar com a limpeza e visual da área frequentada por uma multidão aos finais de semana.Como pode acontecer este tipo de abandono em um lugar histórico-penso em voz alta.O magnífico palácio em estilo neoclássico que serviu de residência à Família Imperial durante 6 gerações , já deveria estar restaurado,pronto para ser apreciado por seu devido valor.Inacreditável o que vi....que descaso com a nossa História - e pasmem-dizem que o prédio estava praticamente acabado décadas atrás.Tudo seria bem diferente se este Palácio estivesse localizado na Europa.Com certeza haveria mais policias vigiando a ação dos vândalos e ladrões ; as lãmpadas nao estariam caídas e iluminariam melhor ; tudo o que fosse visível ao ser humano estaria em perfeitas condições para que-em uma volta ao passado- abríssemos a janela do tempo para dar asas à imaginação.Então apareceria,em trajes de época, D.João ou a Princesa Isabel ou até mesmo Pedro II em passeios matinais pelos jardins muito bem cuidados e floridos.Mas isso não passa de um sonho, afinal, estamos no Brasil onde há pouco interesse político para a área da saúde , educação e o que dirá para a cultura.Preservar a memória de uma cidade é fundamental e o Rio de Janeiro mereçe este respeito,como também o povo que nesta cidade reside.Como chegar à Quinta da Boa Vista -Fica na Avenida Pedro II entre as ruas Almirante Baltazar e Dom Meinrado,em São Cristóvão e o metrô- descer na estação São Cristóvão- é uma boa opção .E atenção aos horários de visitação do Museu-de terça a domingo é das 1o;ooh às 16:ooh. Os ingressos custam 3 reais .E atenção,lembro que se beberem água ou refrigerantes comercializados no local e precisarem ir ao banheiro mais tarde , existe um perto do Zoológico o que significa dar uma boa caminhada até chegar lá.Muitos usam as árvores mais próximas,o que não é uma boa ideia principalmente tratando-se de mulher oucriança. Desta vez minha amiga Sirlene me aconselhou a deixar a máquina fotográfica em casa pois há notícias de que nem por intervenção divina , câmeras são poupadas .Geralmente são subtraídas de seus donos que são obrigados a entregar a máquina,celulares,relógios ou coisa parecida a bandidos disfarçados de visitantes.Por isso as fotos que ilustram esta matéria são cópias do internauta Vinicius.Espero que uma hora o governo acerte e invista melhor em segurança para tranquilidade dos turistas e moradores do bairro que frequentam a Quinta da Boa Vista.

Regina Lemos

Fotos da notcia



Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada