Letreiro
Separadas dos pais, crianças dormem em gaiolas e choram desesperadas
Política > Internacional
Voltar Enviar noticias imprimir
[10/06/2018] Cingapura; Pepe Escobar: Nova ordem mundial está sendo formada na Eurásia

Pepe Escobar  -  Brasil247

Foto: Divulgação

O jornalista Pepe Escobar concedeu entrevista à TV 247 e revela um lado da geopolítica pouco divulgado pela imprensa ocidental; "O ocidente perdeu a batalha, vide a demência do presidente Trump e o fato da União Europeia encontrar-se esfacelada. Posso dizer que a nova ordem mundial está sendo formada na Eurásia", elucida

9 DE JUNHO DE 2018 ÀS 12:32 // INSCREVA-SE NA TV 247 

 

TV 247 - O jornalista e correspondente internacional, Pepe Escobar, concedeu entrevista à TV 247 relatando os últimos passos da geopolítica, destacando a disputa hegemônica entre o ocidente e oriente, além de criticar as ingerências estadunidenses.

Na próxima terça-feira (12) ocorrerá uma cúpula entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un, em Cingapura.

O jornalista considera equivocada a expectativa dos estadunidenses em relação ao encontro. "Os EUA colocaram a ideia absurda na cabeça que Kim Jong-un sentará em uma mesa de hotel e fechará o acordo de encerramento do programa nuclear norte-coreano, com um desfecho hollywoodiano. O que está em jogo para Kim é o fim da guerra das Coreias", analisa.

Pepe Escobar diz que a Coreia do Sul cumpre o papel de acessório. "A guerra em questão é entre a Coreia do Norte e os EUA. Trump reivindica o fim do programa nuclear norte-coreano, mas, em momento algum, cogita retirar suas tropas da Coreia do Sul", elucida.

Nova ordem mundial

Pepe Escobar ressalta que as relações econômicas, políticas e comerciais entre os países da Eurásia estão sendo fundamentais na disputa hegemônica. "O ocidente perdeu a batalha da geopolítica, vide a demência do presidente Trump e o fato da União Europeia encontrar-se esfacelada. Em uma visão Gramsciniana, posso dizer que a nova ordem mundial está sendo formada na Eurásia", conclui.

 

Fotos da notcia

Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada