Letreiro
O veto à visita de Esquivel a Lula é a face mais negra da barbárie jurídica
mais brasil comunicações > Poema das seis da tarde.
Voltar Enviar noticias imprimir
[10/04/2018] São Paulo; Fernando Coelho

Fernando Coelho

Sigo o meu coração. Encontrei muito nada e muito tudo na viagem. E todo dia o caminho é novo. O meu coração não erra nem acerta. Simples, ele pulsa todo o enredo do caminho. Margens, cercas, cancelas, montanhas, rios, animais com dentes e sem corpo. O meu coração faz isso, porque acredita que o caminho não tem fim. Que o caminho é amor. E falta muito. E só.

 

Poemas do livro Manuscritos Sem Juízo. LivroquecompõeaColeçãoPoetaFernando Coelho, à venda no       UOL.com.br/Clube    e no site da Editora Aquariana  

Fotos da notcia

Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada