Letreiro
Em tom de verde e amarelo, Brasília vive dia diferente
mais brasil comunicações > Televisão
Voltar Enviar noticias imprimir
[19/03/2018] Rio de Janeiro; Globo manipulou para impedir que a política de Marielle vire símbolo, diz Glenn Greenwald

Glenn Greenwald  -  GGN

Foto: Reprodução

Jornal GGN - Glenn Greenwald publicou no The Intercept, nesta segunda (19), um artigo apontando que a Rede Globo manipulou a história de vida de Marielle Franco para evitar que a política e os ideiais defendidos pela vereadora pudessem conquistar os corações indignados com a execução.

Greenwald acredita que a matéria do Fantástico sobre o assassinato da vereadora foi impecável, do ponto de vista jornalístico, em vários momentos. Mas "drenou a política de Marielle de sua vibração, seu radicalismo e sua força, e a converteu em um gibi simplista de clichés vazios que, na prática, não seriam questionados por ninguém."

"(...) o que o Fantástico realmente buscava se tornou cristalino no fim de sua cobertura. Tomaram o poder ainda crescente da história de Marielle, e tentaram limita-lo a uma simples e apolítica história de interesse ordinário, algo que nos faz chorar, sentir-nos tristes, empáticos, e talvez até irritados, mas não de uma maneira que faria o espectador adotar as causas de Marielle, ou devotar sua vida à agenda política que ela simbolizava."

Para o jornalista, Globo tentou "assumir o controle de uma história", pois "a reação ao assassinato de Marielle vinha crescendo e se fortalecendo, indo em direções que deixam as elites brasileiras profundamente desconfortáveis."

 

Fotos da notcia

Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada