Letreiro
Governo lança lei que usará dinheiro público para salvar bancos em crise / STJ libera posse de Cristiane Brasil para Ministério do Trabalho
mais brasil comunicações > Televisão
Voltar Enviar noticias imprimir
[10/01/2018] Rio de Janeiro; Merval relança Huck, o candidato da casa

Brasil247

Foto: Divulgação

O colunista Merval Pereira usou seu espaço nesta terça-feira para relançar o apresentador Luciano Huck como candidato à Presidência; criador do Lata Velha é tentativa da Globo de governar o Brasil sem intermediários; Merval comparou Huck à apresentadora americana Oprah Winfrey e disse que tanto Brasil como EUA têm um série desgaste dos políticos tradicionais

9 DE JANEIRO DE 2018 ÀS 06:39 // INSCREVA-SE NA TV 247 

 

247 - Merval Pereira usou sua coluna de hoje para relançar a candidatura do apresentador Luciano Huck, tentativa da Rede Globo para governar o Brasil sem intermediários. 

Merval chegou a comparar Huck à apresentadora americana Oprah Winfrey. 

"O desgaste dos políticos profissionais é um fenômeno presente em vários países do mundo, e já teve sua consequência máxima ao ajudar a eleger Donald Trump presidente dos Estados Unidos. Daí a especulação sobre Oprah, que na festa do Globo de Ouro fez um discurso típico de candidata, e foi ajudada pelo apresentador da noite, o ator e comediante Seth Meyers, que foi sutil ao sinalizar essa possibilidade.

(...)

Já Faustão, em seu programa, foi mais direto, perguntou se Huck seria candidato à Presidência da República. A resposta foi quase uma declaração de que se apresenta para a corrida sucessória: “Neste momento, se eu me isentar de tentar melhorar, eu estaria sendo covarde. Daí a querer ser presidente, não quero que seja uma pretensão minha e não quero ser pretensioso de maneira alguma. (...) O que estou fazendo, e vou continuar fazendo, é tentar mobilizar uma geração inteira, não importa se é de direita ou de esquerda, não acredito mais nisso. E não queria fazer isso pelos partidos políticos, porque eles estão derretendo, temos que ocupar de novo (...).”

“(...) Minha missão este ano é tentar motivar as pessoas a que votem com muita consciência, e que a gente traga os amigos que estão a fim para ocupar a política, senão não vai ter solução. Eu jamais vou ser o salvador da pátria. (...) O que o destino, que Deus espera para mim, eu vou deixar rolar. (...) Mas eu vou participar, eu vou botar a mão na massa, eu quero ajudar, eu acredito muito no Brasil e contem comigo para tentar melhorar essa bagunça geral aqui.”

 

 

Fotos da notcia

Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada