Letreiro
Ibope: Desde a posse, aprovação de Bolsonaro cai 15 pontos percentuais
mais brasil comunicações > Rural
Voltar Enviar noticias imprimir
[02/09/2017] Esteio; Expointer chega ao fim com expectativa de recorde de público e vendas

Letícia Bonato - Secom RS

Foto: Zeno Zielinsky

O clima ensolarado e de altas temperaturas durante a Expointer 2017 beneficiou a qualidade dos eventos, oficinas e julgamentos de animais à disposição do público na programação dos nove dias de feira. Neste domingo (3), serão apresentados os resultados desta 40ª edição em coletiva aos jornalistas, às 15h, na Central de Imprensa do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio.

O presidente do parque, Sérgio Bandoca, comemora o movimento. "Sou muito otimista, o que eu dizia está acontecendo. Fizemos uma baita feira, foram nove dias de tempo bom e tenho certeza que as vendas vão superar o ano de 2016", projeta. "Agradecemos a todos os expositores e participantes e aguardamos a todos para o último dia de feira", complementa.

A orientação aos visitantes é para que mantenham a calma no trânsito, que registra bastante movimentação de carros no entorno do parque, e para que, se possível, utilizem as linhas da Trensurb para chegar ao evento.

Um dos espaços mais movimentados é o Pavilhão da Agricultura Familiar (22 no mapa oficial). Conforme o coordenador José Alexandre da Silva Rodrigues, a circulação foi maior e beneficiada pela nova refrigeração. Além disso, contêineres com banheiros foram colocados à disposição para satisfação dos expositores.

"Percebemos pelo volume de pessoas que a participação e prestígio do público é recorde e está superando todas as 18 edições que já tivemos. Para o próximo ano, o governo do Estado captou recursos federais e, assim que terminar a feira, vamos dar início à ampliação do pavilhão", informa.

Mais visibilidade ao produtor

O espaço que a Emater/RS, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, conquistou ao lado do Pavilhão da Agricultura Familiar chama a atenção do público das cidades.

"A cada ano que passa o público se identifica conosco, especialmente o urbano. As amostras dos alimentos, das abelhas sem ferrão e a produção de verduras em pequenos espaços chamam bastante atenção do público. Provamos aqui que a Emater também tem tecnologia a oferecer a quem mora nas cidades", constata o gerente regional e coordenador do espaço, Ademir Santin.

Entre as novidades da instituição para os próximos meses está o lançamento do evento Dia de Campo de Bovinos de Leite, que deve ocorrer em novembro em Serafina Correa, os seminários regionais de Agricultura Familiar em Bento Gonçalves, e o de Agricultura Urbana, para o final de outubro, em Sapucaia do Sul.

Cavalo Crioulo em alta

O espaço da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) também trouxe incrementos para o público e expositores. "São várias inovações, como o Vet Check de animais e as cocheiras de medicação", conta o presidente da ABCCC, Eduardo Suñe, que definiu a feira como o palco principal da raça.

"Essa foi uma exposição extremamente positiva para a raça. Atingimos todos os objetivos e nossas expectativas foram superadas. Os 18 remates da raça tiveram liquidez total. Participaram mais de 800 animais entre todos os eventos, e nossa estimativa é de que mais de 100 mil pessoas passem por essas áreas", estima.

Uma das próximas atrações da raça crioula é a Federação Internacional de Criadores de Cavalos Crioulos, que ocorre em maio, também no Parque Assis Brasil.

Confira a programação do último dia da Expointer.

 

Fotos da notcia










Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada