Letreiro
Em tom de verde e amarelo, Brasília vive dia diferente
mais brasil comunicações > Lazer
Voltar Enviar noticias imprimir
[03/02/2017] O metrô mudou a geografia das praias do Rio.

Luiz Cláudio Latgé

Foto: Google

O território à beira mar sempre foi demarcado pelo acesso através de diversos meios de transporte. Os pontos de ônibus eram determinantes da maior ocupação. O ponto final do Leme era o melhor exemplo Os locais com facilidade de estacionamento, reuniam outro público. As poucas áreas sem facilidade de vagas e transporte público tinham predomínio dos moradores. A chegada do metrô à zona Sul e Barra começa a mudar isto. O Verão tem enchido os trens de gente de bermuda ou biquini, com bolsas de praia e as vezes pranchas de surf. No trajeto de volta, roupas molhadas e pés sujos de areia revelam o programa escolhido. As estações do metrô espalham novas tribos pela orla e talvez ajudem a explicar o aumento da frequência. Inclusive de tarde e de noite. Vide Jardim Oceânico. O acesso ao lazer e ao entretenimento é sempre boa notícia. Ainda é novidade. É apenas o primeiro verão com metrô na praia. Estação Tchibum. A moda vai pegar.

Fotos da notcia






Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada