Letreiro
Em tom de verde e amarelo, Brasília vive dia diferente
Política > Nacional
Voltar Enviar noticias imprimir
[17/11/2016] Brasília: Sessão Solene homenageia 50 anos da Embratur

Ministro do Turismo participa da cerimônia e destaca principais medidas para ampliar a atração de turistas estrangeiros ao Brasil

Para comemorar os 50 anos da Embratur, empresa responsável pela promoção internacional do Brasil, a Câmara dos Deputados realizou nesta quarta-feira (16) uma sessão solene que contou com a presença do ministro do Turismo, Marx Beltrão, do presidente da autarquia, Vinicius Lummertz, do presidente da Comissão de Turismo da Câmara, Herculano Passos, e do presidente da Apex, Rodrigo Jaguaribe. A sessão teve a presença, ainda, de representantes do MTur, da Embratur, do trade e de parlamentares.

Na ocasião, o ministro Marx Beltrão falou sobre o conjunto de medidas para atrair estrangeiros ao Brasil, entre eles a reformulação do modelo de gestão da Embratur. “Se queremos efetivamente competir no mercado global pelo turista internacional, temos de dar mais musculatura para a Embratur. Por isso, estamos trabalhando em conjunto com a Casa Civil para rever o modelo de gestão da Embratur.

A ideia é conseguir atrair investimentos privados, ter mais orçamento, sem impactar nossa equipe técnica que é extremamente engajada e consegue dar resultados mesmo em momentos delicados na economia”, afirmou o ministro em discurso.

Além do modelo de gestão da autarquia, Beltrão destacou outras medidas que estão sendo estudadas pelo Ministério do Turismo, como a manutenção da isenção de vistos a turistas das quatro nacionalidades beneficiadas durante os Jogos Olímpicos (EUA, Canadá, Austrália e Japão), além da inclusão de turistas da China. O ministro do Turismo falou, ainda, sobre as concessões dos parques públicos nacionais e da legalização de cassinos em resorts-integrados.

“Estamos montando um pacote de medidas que será anunciado em breve. Tenho certeza que essas ações trarão resultados muito importantes para a nossa economia, gerando emprego e renda para os brasileiros”, concluiu.

Durante a cerimônia, Herculano Passos (PSD-SP) ressaltou a importância da Embratur e destacou que a Comissão indicou uma emenda de R$ 400 milhões para o orçamento da autarquia em 2017.

Para o presidente da Embratur, “este é o momento do turismo. O Brasil tem muito potencial e tenho certeza que o turismo pode impactar ainda mais nossa economia. Estamos trabalhando para chegar no ano de 2022 com 12 milhões de visitantes estrangeiros e R$ 19 bilhões de receita com esse público”, disse Lummertz.

FÓRUM DE DEBATES – Após a sessão, teve início o Fórum “O Futuro do Turismo Internacional - Perspectivas Brasil”, com debates sobre o “A indústria do Turismo face às ferramentas digitais de promoção e comercialização”, “O turismo de experiência e potencial natural do Brasil no cenário internacional” e a “Embratur 50 anos – Missão e Visão do Futuro”, quando será apresentado o mapa estratégico que orientará as ações da instituição para os próximos anos.

50 ANOS – A Embratur foi criada através do Decreto-Lei nº 55, de 18 de novembro de 1966, o mesmo que definiu a política nacional de turismo e criou o Conselho Nacional de Turismo (CNT). Ao longo de seu meio século, destacam-se a criação do Programa Nacional de Municipalização do Turismo (1995), da Marca Brasil e o lançamento do Plano Aquarela, ambos em 2005. (Artt Brand, com informações do MTur)

Fotos da notcia

Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada