Letreiro
Somente nos últimos 3 meses, agrotóxicos mataram cerca de 500 milhões de abelhas no Brasil
mais brasil comunicações > Sindicato
Voltar Enviar noticias imprimir
[11/11/2016] Porto Alegre; SINDJORS apoia as ocupações nas faculdades de comunicação gaúchas

SIND JORS

Foto:  Divulgação / CAAP

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul (SINDJORS) apoia os estudantes de comunicação social que ocupam as faculdades para enfrentar as reformas do governo de Michel Temer, que representam décadas de retrocesso para a classe trabalhadora brasileira.

Caso aprovada a PEC 55 (antiga PEC 241) no Senado, os investimentos públicos ficarão congelados por 20 anos. Isso representa redução e cortes dos já escassos recursos das universidades públicas e programas sociais fundamentais para o ingresso dos jovens no ensino superior, como o Fies e o Prouni.

Ao lado da saúde e da previdência, a educação é um dos setores que será mais afetado e, por isso, os estudantes ocupam, entre outros espaços, as faculdades de comunicação social da UFRGS e da PUCRS, em Porto Alegre.

Também é pauta dos estudantes o combate à MP 746, que prevê a Reforma do Ensino Médio e, ao cortar matérias fundamentais como filosofia e sociologia, atacará diretamente o pensamento crítico dos jovens brasileiros. Ao contrário do que diz Michel Temer, os estudantes sabem o que significa a PEC e o seu ataque à Constituição, visto que as ocupações são espaços de debates, reflexões, protesto e formação da consciência crítica.

O SINDJORS relata também que, na madrugada desta quinta-feira, dia 10, a vice-presidenta da entidade, Laura Santos Rocha, esteve na universidade e não teve acesso para visitar a ocupação. A equipe da Record RS também não pode entrar para gravar imagens do local.

http://bit.ly/2fAwpL5

 

Fotos da notcia

Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada