Letreiro
Ibope: Desde a posse, aprovação de Bolsonaro cai 15 pontos percentuais
mais brasil comunicações > Lazer
Voltar Enviar noticias imprimir
[02/01/2016] Rio de Janeiro; Praia do Arpoador é um dos pontos mais disputados do verão carioca

Isabela Vieira  -  Agência Brasil

Foto: Divulgação

Um dos pontos preferidos dos cariocas para se refrescar no verão, a Praia do Arpoador, em Ipanema, atrai milhares de turistas no verão. Na estação, o mar movimentado do restante do ano dá lugar a uma piscina, com águas mais quentes e cristalinas, que chegam a ser comparadas às do mar do Caribe. De tão translúcidas, em muitos dias, é possível ver cardumes de pequenos peixes, bem perto da orla e até nadar durante a noite.

É que o Arpoador é um dos únicos pontos da orla carioca com um projetor capaz de bem iluminar a praia. Chamado pelos frequentadores de presto barba, foi posicionado aos pés da pedra de mesmo nome, no canto da praia, clareando o mar para os surfistas que ali se aventuram. Durante o dia, faz alguma sombra, protegendo banhistas do Sol e por isso se tornou ponto de encontro

É lá que os amigos do grupo Pinguim do Arpoador se reúnem há décadas. Com bastante experiência em praia, são unânimes em afirmar que o local é melhor de toda a orla carioca. “É praia mais bonita do Rio”, diz Lauro Frota, de 86 anos. “Venho desde que eu era garoto, desde quando começou o surfe e o frescobol. Conheço a Grécia, as praias de Cote d'Azur (litoral da França), e nenhuma, para mim, bate o Arpoador”, afirma, destacando as águas transparentes e o visual para o Morro Dois Irmãos e para a Pedra da Gávea, que fazem parte da paisagem de Ipanema.

Carlos Alberto Porto Reis, de 54, do mesmo grupo, faz coro: “Para mim, não tem outra praia. Venho aqui sempre”, frisa ele, que faz cotidianamente o trajeto de bicicleta partindo do Vidigal, passando pela Praia do Leblon e toda orla de Ipanema até chegar na pedra que dá nome ao lugar.

Não à toa, o Arpoador atrai também turistas de todo o país, caso do casal paulista Natanael Bertoldo, de 45 e Solange Velori, 56, de Porto Feliz. Pela primeira vez no Rio, eles incluíram o ponto turístico na programação. “Queríamos conhecer porque ouvimos falar. Ontem estivemos em Copacabana e hoje decidimos vir aqui”, disse Bertoldo.

O período da manhã é o melhor para visitar o local e se esbaldar na pedra, de onde muitos aproveitam para se jogar no mar e até se arriscar em alguns saltos. Durante a tarde, a pedra fica lotada de pessoas disputando um pedacinho para ver o pôr do sol mais fotografado e aplaudido da cidade. No verão, a saudação à natureza está se tornando uma tradição.

Nesta véspera de Ano Novo, o movimento não era tão intenso. Os comerciantes disseram que estava “até vazio”. Eles acreditam que muita gente deixou para ir mais tarde, se preparando para o réveillon. Para o restante da estação, as expectativas são altas. “O verão está apenas começando”, disse o atendente Júnior Nascimento, da Barraca do Bangu.

Edição: Beto Coura

 

 

Fotos da notcia


Clique sobre a foto para ampliar
Notcias relacionada